Blog

A CIÊNCIA DA SPIRULINA – A ALGA COM MULTIBENEFÍCIOS PARA A SAÚDE!

A ciência da spirulina – a alga com multibenefícios para a saúde!

Microalgas são consideradas um grupo importante de micro-organismos que realizam fotossíntese, são capazes de crescer em larga escala e desempenham papel relevante no balanço nitrogenado de plantas cultivadas em grande quantidade.

Dentro do grupo das microalgas, cianobactérias ou cianofíceas como a Spirulina platensis têm ganhado destaque, sobretudo devido aos inúmeros benefícios à saúde. Com coloração azul-esverdeada característica, a alga se tornou famosa devido ao seu uso em alimentos e na produção de suplementos vitamínicos, bem como em produtos farmacêuticos, cosméticos e como alimento complementar para a ração de animais por ser tanto fonte de proteína quanto de vitaminas, em específico, de vitamina B12.

spirulina

 

 

 

 

 

Nutricionalmente, a spirulina é considerada uma fonte proteica completa, uma vez que possui todos os aminoácidos essenciais, alguns deles em quantidades muito superiores às recomendadas. Possui, também, uma grande variedade de ácidos gordos poli-insaturados como os ácidos docosa-hexaenoico e araquidônico, além de ser especialmente rica em um tipo de ácido gordo essencial e pouco disponível, o ácido γ-linolénico. Em sua composição nutricional, a S. platensis conta com as vitaminas B1, B2, B12, vitamina E, além de um conteúdo de β-caroteno 30 vezes maior que o da cenoura. Importante salientar, ainda, que ela é considerada fonte de ferro e apresenta minerais como magnésio, cálcio e fósforo.

Nesse sentido, microalgas como a spirulina podem ser adicionadas a alimentos com o intuito de melhorar sua composição nutricional. Como composto bioativo, a spirulina possui benefícios à saúde, a exemplo de seu efeito imunomodulador, antioxidante, anti-inflamatório e antimicrobiano. Ainda, a literatura aponta para o uso potencial da spirulina como agente hepatoprotetor e minimizador de efeitos colaterais produzidos por medicamentos utilizados no tratamento de cânceres. Estudos também indicam que o consumo da microalga pode impactar na normalização do perfil lipídico, com aumento do colesterol HDL e diminuição dos níveis de triglicéridos e colesterol total.

Além dos benefícios para a saúde supracitados, a spirulina tem sido explorada no nicho ligado à beleza e saúde da pele, mais especificamente ao mercado de cosmecêuticos. Quando aplicada em dermocosméticos, a alga contribui, principalmente, na regeneração e cicatrização da pele. A Linha Anti-aging de SUTA Spirulina Technology possui dermocosméticos desenvolvidos à base de spirulina, cuja ação realça o vigor da pele e, simultaneamente, nutre e auxilia no combate ao envelhecimento precoce. Clique aqui e saiba mais sobre os benefícios da Linha Anti-aging de SUTA.

Referências: FINAMORE, A. et al. Antioxidant, immunomodulating, and microbial-modulating activities of the sustainable and ecofriendly spirulina. Oxidative medicine and cellular longevity, v. 2017, 2017. GUNES, S. In vitro evaluation of Spirulina platensis extract incorporated skin cream with its wound healing and antioxidant activities. Pharm Biol., v. 55, n. 1, p. 1824-32, dez. 2017. SHAO, W. et al. Pharmaceutical applications and consequent environmental impacts of Spirulina (Arthrospira): an overview. Grasas y Aceites, v. 70, n. 1, 2019. SILVA, S.C. Spirulina platensis como fonte de ingredientes funcionais e testes de incorporação da sua forma livre e microencapsulada em iogurtes. 2018. 128 fls. Dissertação (Pós-Graduação em Qualidade e Segurança Alimentar) – Escola Superior Agrária, Instituto Politécnico de Bragança e Universidade Tecnológica Federal do Paraná. 2018.