Blog

ALIMENTAÇÃO | O QUE COMER DEPOIS DOS 40 ANOS?

Ninguém escapa às alterações hormonais. À medida que envelhecemos torna-se mais difícil combater doenças e manter o metabolismo saudável. Mas não é impossível. Quer saber como?

O que comer depois dos 40 anos é a pergunta que se impõe quando olhamos para a nossa barriga e não conseguimos diminuir o volume, ou quando olhamos para aquela montra de bolos e só nos apetece pedir meia dúzia. Verdade?!

“As alterações hormonais aos 40 anos podem afetar as hormonas do apetite”, explica a nutricionista Lauren Slayton, que aconselha a suplementação, como fonte de ajuda no controle do apetite.

O Termolipo, um suplemento dos laboratórios Suta Spirulina Technology, à base de spirulina, confirma que é possível perder peso sem fazer exercício mas, vai mais longe, pois foi concebido para combater o excesso de gordura corporal. Pelos ingredientes que integra. Tem ainda efeitos antioxidantes e antienvelhecimento.

A par dos suplementos, deve optar por levar para a sua mesa alimentos que, de facto, acrescentem valor à sua saúde, que se tornem aliados para que aos 40 pareça ter menos dez.

FRAMBOESA

Saborosas e doces, as framboesas contêm fitoquímicos que ajudam no combate ao cancro, a que não perca o olfato e ainda aliviam na constipação. Uma chávena de chá de framboesas contém oito gramas de fibras.

SALMÃO

É um peixe gordo, rico em Omega 3, mas não só. O salmão apresenta um dos mais elevados níveis de vitamina D3, além da proteína de manutenção muscular. Ou seja, se a sua barriga estiver a ficar demasiado redondinha, opte por salmão e corte nos alimentos que causam inchaço.
É que, quanto mais velhos ficamos, mais o nosso corpo começa a ter mais dificuldade em digerir com eficiência. É por este motivo que se assiste a um aumento de gases e inchaço.

Tente cortar nos alimentos lácteos. É um começo para se sentir melhor.

“Muitos tipos de gorduras saudáveis podem ajudar a perder gordura corporal. Os alimentos que contêm Omega 3 são os aliados perfeitos ”, sublinha ainda a nutricionista Laura Slayton.

CHIA/AVEIA

Em todas as idades a fibra é essencial, mas aos 40 anos mais ainda. Procure acrescentar ao seu smoothie matinal (se for de spirulina ainda garante o consumo de mais ingredientes saudáveis), uma colher de chá de sementes de chia ou de aveia. Esta pode ser a sua dose diária de fibra.

MIRTILOS

aqui falámos deles. Os mirtilos são excelentes antioxidantes. Ajudam a afastar as gripes e a inflamação indutora de peso, combatendo os radicais livres.

ABACATE

Esta fruta pode ser o melhor amigo do seu corpo. Além de cremosos e doces ao paladar, os abacates têm gorduras monoinsaturadas saudáveis que podem ajudar a diminuir o chamado mau colesterol. Um estudo publicado no Nutrition Journal confirmou que pessoas que comeram metade de um abacate ao almoço, viram reduzir em 40 por cento a vontade de comer durante várias horas.

GRÃO

Não é preciso ter bacalhau para acompanhar. Pode fazer uma salada russa e juntar grão, porque apenas meia chávena contém oito gramas de fibra.

AMÊNDOA

Qualquer hora é boa para comer amêndoas. É, aliás, uma escolha inteligente, pois esta maravilhosa fruta ajuda mesmo a recuperar a silhueta. Aliás, coma amêndoas e depois vá ao ginásio ou caminhe.
Um estudo norte-americano descobriu que o aminoácido L-arginina que as amêndoas têm, ajuda a queimar mais gordura e carbohidratos durante os treinos.

Estas são apenas algumas sugestões, mas muitos outros alimentos promovem a sua saúde. Para que aos 40 anos, pareça ter 30.

 

(Créditos:Imagem DR )