Nutrição Dermocosméticos Anti-Aging como cuidar da pele

NUTRIÇÃO & DERMOCOSMÉTICOS ANTI-AGING: COMO CUIDAR DA PELE?

Como primeira linha de defesa, a pele é responsável por proteger o organismo contra organismos infecciosos e danos físicos. O envelhecimento é um processo que interfere na manutenção da saúde da pele e pode ser observado no rosto por meio do aparecimento de rugas e linhas de expressão. Muitas das alterações cutâneas relacionadas ao envelhecimento cutâneo, como alterações na pigmentação, superficialidade e rugas profundas, resultam da exposição à luz solar e de modificações extrínsecas. Estudos sobre o envelhecimento da pele apontaram que a exposição aguda da pele à radiação ultravioleta (UVR) provoca a oxidação das biomoléculas celulares, assim, levando a danos celulares que ativam os receptores da superfície celular dos queratinócitos e fibroblastos na pele, efeito que aumenta a quebra do colágeno e inibe a sua nova síntese. Os cuidados para prevenir ou amenizar os efeitos do envelhecimento podem ser aplicados no dia a dia de forma contínua e eficaz. A chamada beleza In&Out é resultado de estratégias alimentares que potencializam a fotoprotecção, associadamente ao uso de dermocosméticos aplicáveis na pele para...

continuar a ler

Cuidados anti-aging estão na rotina de beleza da população portuguesa

CUIDADOS ANTI-AGING ESTÃO NA ROTINA DE BELEZA DA POPULAÇÃO PORTUGUESA

Conforme estudo realizado pela Clínica Luso-Espanhola e divulgado pelo Jornal CM, 95% da população portuguesa dizem-se preocupados com o aspeto físico, sendo que as mulheres entre 25 a 44 anos são o principal público que representa essa preocupação. Além disso, a pesquisa demonstra que em torno de 93% dos portugueses admitem ter uma rotina diária de cuidados de beleza. Nessa rotina de cuidados diários, os cremes antirrugas e anti-idade são utilizados por 29,4% das mulheres. 46,3% das mulheres afirmam utilizar produtos desmaquilhantes diariamente e mais de um terço afirma fazer a rotina de limpeza e esfoliação da pele. Indo ao encontro dessa tendência, uma pesquisa da Euromonitor, de 2019, apontou que os produtos naturais de cuidado com a pele representaram 5% do consumo mundial. Sabemos que algumas características da pele são determinadas pela genética e não podem ser modificadas. Por essa razão, o envelhecimento biológico é um evento inevitável, porém é possível retardá-lo e amenizar seus efeitos, como o surgimento de rugas, a perda do volume e da densidade da pele. Pensando nisso,...

continuar a ler

ACNE: UM PROBLEMA UNIVERSAL DE PELE QUE AFETA PESSOAS DE TODAS AS IDADES

Durante o inverno, é comum que as pessoas utilizem mais o aquecedor, assim como a toma de banhos mais quentes e o consumo de alimentos mais gordurosos. Porém esses comportamentos típicos das baixas temperaturas podem contribuir para o aumento da oleosidade da pele, por conseguinte, intensificando os casos de acne. Conforme o CUF, a acne vulgar é, possivelmente, a doença de pele mais comum e afeta entre 85% a 100% da população mundial em algum momento da vida. A acne é um problema de pele tão frequente, que poderia ser estabelecido como universal, especialmente durante a adolescência. Ainda que fisicamente não seja um problema tão grave, embora os processos inflamatórios causem fístulas dolorosas, a acne gera importantes impactos psicológicos, como baixa autoestima, afastamento social e até mesmo depressão. Se não tratada adequadamente, pode originar cicatrizes inestéticas ou desfigurantes, que podem ser permanentes e difíceis de tratar. O CUF menciona um estudo realizado em Portugal que observou a incidência de casos de acne em 55,8% da população entre 15 a 29 anos, em 9,2%...

continuar a ler

QUAL SUA RESPONSABILIDADE NO MUNDO? CUIDE DO PLANETA!

A Organização das Nações Unidas (ONU) desenvolveu um relatório, feito por cientistas independentes, sobre o desenvolvimento sustentável para 2019. A sustentabilidade vai para além do impacto ambiental, da reciclagem de lixo e dos padrões de consumo. Um mundo sustentável começa com ações cotidianas, na preocupação com o consumo consciente e a adoção de medidas que colaboram para qualidade da saúde individual e do mundo. Observa-se uma crescente tendência do consumidor moderno em adotar um estilo de vida mais sustentável em seu cotidiano. E essas mudanças acontecem em diferentes setores, como alimentação, vestuário e, atualmente, na indústria cosmética. Os cosméticos e produtos de higiene pessoal são usados em todo o mundo de forma regular, sendo que os ingredientes químicos empregados na maioria de suas fórmulas são liberados constantemente no ambiente. As moléculas de origem sintética e não sustentáveis presentes em cosméticos comuns caracterizam-se pelo potencial de bioacumulação, uma condição considerada ameaça aos ecossistemas e à saúde humana. Um recente estudo (Cosmetics, 2017) forneceu uma visão geral dos ingredientes utilizados na indústria de cosméticos,...

continuar a ler