Tipos de Pele

Madura

 

A pele madura tem necessidades especiais e por isso exige cuidados rigorosos e regulares.

A partir dos 20 anos a pele começa a perder a hidratação lentamente, aos 30 a pele já forma menos lípidos e as primeiras rugas começam a surgir na testa.

Aos 40 anos a pele torna-se mais fina e perde firmeza e elasticidade e os primeiros sinais de envelhecimento começam a notar-se ao redor dos olhos e da boca.

Com a idade, a pele diminui a sua capacidade de se regenerar. Mas não se pode esquecer que o envelhecimento cutâneo é um processo muito pessoal. Ou seja, a ‘rapidez’ do processo pode variar de pessoa para pessoa.

Após os 40 anos de idade a pele muda e os sinais do tempo começam a notar-se com o acentuar de rugas e rídulas, pele menos aveludada, tez menos luminosa e perda de firmeza. A partir de 45 anos esta condição aumenta, notando-se cada vez mais a sua desidratação. Começam a surgir marcas escuras (manchas) nas mãos, braços, rosto e pescoço. São marcas causadas pela hiperpigmentação da pele. A melanina, pigmento natural, é produzida em excesso.

Exige-se, então, uma rotina de cuidados completa que começa com a limpeza, tonificação, nutrição profunda e proteção solar elevada.
O ácido hialurónico é sintetizado pela pele e isso diminui com a idade, pelo que pode optar-se por produtos que o contenham, por forma a dar à pele aquilo que ela já não processa ou produz naturalmente.

Back to list