Blog

OBESIDADE | SAIBA COMO PERDER E PREVENIR O EXCESSO DE PESO

A teoria e a prática dizem que nunca é demais recordar: se consome mais frutas e verduras tende a ser mais saudável. O Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade é celebrado a 18 de maio e nós queremos ajudar na sua redução de peso. Como extra, indicamos o suplemento SUTA para perder essa barriguinha, mesmo sem exercício.

Os dados não mentem: Há cada vez mais pessoas com excesso de peso, com uma dieta desequilibrada e uma vida sedentária. A obesidade foi encarada como um dos maiores problemas de saúde mundial, sendo mesmo a segunda causa de morte passível de prevenção, depois do tabagismo.

Há que dizer basta e entrar na luta pela redução da estatística da obesidade, considerada pela Organização Mundial de Saúde, como a “epidemia do século XXI”.

Fique com algumas sugestões para incluir na sua dieta alimentar. Claro, tendo sempre em conta que os metabolismos são todos diferentes e, por isso, reagem de forma díspar, mas não se agarre a isso para descurar a sua saúde mais um dia.

FRUTA

Uma maçã por dia, nem sabe o bem que lhe fazia”

Certamente já ouviu esta frase e é bem verdade. A fruta é parte importante de uma dieta saudável. Diversos estudos indicam que comer fruta está associado à menor ingestão de calorias e pode contribuir para a perda de peso ao longo do tempo.

A maçã é a fruta que mais alto pontua no índice de saciedade, de acordo com os nutricionistas. Esta fruta contém pectina, uma fibra solúvel que, naturalmente, retarda a digestão. E é por isso que as maçãs ajudam a que nos sintamos satisfeitos. A maçã tem mais de 85 por cento de água, logo, melhora a saciedade. Sem acrescentar calorias à sua dieta.

Estudos confirmam que comer uma maçã inteira aumenta mais a saciedade, ou seja, fica-se mais satisfeito, do que se bebermos um sumo de maçã. Portanto, ao comer uma maçã sólida consume menos 150 calorias do que se bebesse sumo de maçã.

Diversas investigações indicam que o índice de saciedade com uma maçã é maior do que qualquer uma outra fruta.

OVOS

São temidos por serem ricos em colesterol, mas investigações têm vindo a provar que comer ovos com moderação tem efeitos na perda de peso. Mas claro que depende dos metabolismos. Lembre-se sempre desta premissa.

Os ovos são ricos em proteínas e gordura e saciam, que é uma questão muito importante quando falamos de excesso de peso.

Um estudo realizado com 30 mulheres com excesso de peso, mostrou que comer ovos ao pequeno-almoço aumenta a sensação de saciedade. Como resultado, aquelas participantes comeram menos nas 36 horas seguintes.

Um outro estudo concluiu que os ovos consumidos na primeira refeição do dia, aumenta a perda de peso numa dieta com restrição calórica.

Ricos em nutrientes, os ovos podem, por isso, ajudar a obter todos os nutrientes necessários numa dieta calórica.

VERDURAS

Couve, espinafre e outras verduras são perfeitas para uma dieta de emagrecimento, pode serem pobres em calorias e carbohidratos mas contêm fibras.
Portanto, comer verduras é uma maneira inteligente de aumentar o número de refeições, sem aumentar as calorias.
Numerosos estudos mostram que as refeições com baixa densidade energética fazem com que, de uma forma geral, as pessoas comam menos calorias.

Mas é nos brócolos, na couve-flor e na couve-de-bruxelas que encontra grandes quantidades de proteína, além de serem altamente nutritivos. São tão ricos em proteínas como alimentos de origem animal. E se contêm proteína e fibra, estes são os vegetais ‘rei’ a incluir nas suas refeições, se precisar de perder peso.

VINAGRE DE MAÇÃ

E se a maçã é para incluir na sua dieta, o vinagre de maçã também, pois de acordo com vários estudos, é útil para emagrecer.
Um estudo norte-americano de 12 semanas, com indivíduos obesos, mostrou que após incluírem na sua dieta 15 a 30 ml de vinagre, conseguiram perder entre 1,2 a 1,7 kg.

Um outro aspeto positivo do vinagre, é que reduz o aumento de açúcar no sangue após as refeições, o que é benéfico para a saúde a longo prazo.

É claro que apesar das conclusões dos estudos, não podemos esquecer a genética e todas as questões associadas à individualidade de cada um de nós. Somos diferentes e por isso cada um de nós processa de forma diferente aquilo que consume.

Ainda assim, há anos que a Ciência prova que as frutas têm propriedades que as tornam amigáveis da perda de peso. São ricas em fibras, antioxidantes e vários nutrientes que retardam o aumento do açúcar no sangue após as refeições.

ÓLEO DE COCO

A sua barriguinha já nem a/o deixa ver a cor dos sapatos? Então tem de consumir óleo de coco.

O óleo de coco é rico em ácidos graxos, chamados de TMC, ou seja, triglicéridos de cadeia média, um dos três tipos de lipídios existentes na natureza.
Estes ácidos graxos fazem aumentar a saciedade melhor do que outras gorduras, e aumentar o número de calorias queimadas.

Além disso, dois estudos – um em mulheres e outro em homens – mostraram que o óleo de coco reduziu a quantidade de gordura da barriga.

Mas atenção: claro que o óleo de coco não é para comer desalmadamente, porque é rico em calorias. A sugestão passa por adicioná-lo à sua dieta substituindo algumas das gorduras que utiliza na cozinha. Quer isto dizer que, no lugar de usar manteiga ou margarina, utilize este óleo.

Caso não o tenha à mão na despensa, opte pelo azeite, pois este  é, provavelmente, uma das gorduras mais saudáveis do planeta.

TERMOLIPO

Para ajudar a perder peso, os laboratórios Suta Spirulina Technology criaram um suplemento alimentar que ajuda a combater a indesejável gordura corporal, mesmo que não faça exercício.

O Termolipo SUTA, graças à combinação dos seus vários ingredientes com a Spirulina Platensis, ajuda a combater o excesso de gordura. O citrus aurantium é eficaz na redução do peso. A sua substância ativa é a sinefrina, um alcalóide que estimula apenas os recetores das células que aumentam o metabolismo das gorduras, sem afetar os que influenciam a pressão arterial e o ritmo cardíaco. Tem ainda efeitos antioxidantes e antienvelhecimento.

 

(Créditos:Imagem DR )