skip to Main Content
PRÁTICAS VERDES  | DICAS PARA REUTILIZAR E DECORAR A CASA

PRÁTICAS VERDES | DICAS PARA REUTILIZAR E DECORAR A CASA

Não basta reciclar, é preciso reduzir o lixo e por isso a aposta na reutilização é a proposta Suta de hoje. Fique com algumas dicas para reutilizar objetos e materiais que pode estar perdidos em sua casa e que podem ser aproveitados para dar novo rosto à decoração. E agora: mãos à obra.

 

Do velho se faz novo. Nada de perde, tudo se transforma. De acordo com uma pesquisa global de tendências de consumo da Euromonitor, um em cada três consumidores, pelo menos, preocupa-se com o meio ambiente e faz por praticar a regra dos três ‘R’: reduzir, reutilizar e reciclar.

Assim, em vez de deitar fora aquela caixa de cartão no qual recebeu um presente da sua amiga, aproveite-a. Aproveite também o papel de embrulho. Como? Simples, corte em pedaços esse papel e cole-o à caixa e à tampa. E num instante fica com uma caixa decorativa para guardar documentos ou joias ou até os bilhetes dos concertos que andavam espalhados nas gavetas.

FRASCO PARA VELA

Mas há muito mais que pode fazer para reduzir o lixo do Planeta.

A marca Suta está a proceder à recolha de frascos e de embalagens, mas se quiser aproveitar alguns para umas peças decorativas, chegou a hora.

Com os frascos de vidro pode fazer um belíssimo recipiente de vela com um agradável aroma. O procedimento é fácil: aproveite aquele frasco de tinta decorativa dos seus filhos ou compre-a numa loja. Opte pelas orgânicas.
E pinte a gosto o seu frasco. Deixe secar bem para verificar o desempenho da tinta.

Depois, procure restos de velas ou velas que tem por cada, que não gosta e nunca acendeu. Comece por retirar o pavio de modo a que este fique intacto. Em seguida derreta a cera em banho-maria, mexendo sempre.

Quando estiver tudo derretido, deite um pouco de essência (escolha um aroma agradável e que goste), deite no frasco de vidro, apresse-se a colocar no meio o pavio, segure-o bem por um instante e… segundos depois a sua vela está pronta a ser usada.

VASOS DE GESSO

O que mais encontramos em casa ou nas arrecadações e garagens são objetos e materiais abandonados sem utilidade e a ocupar espaço. E quando se faz obras em casa, a toda a tralha ainda se juntam sacas de cimento ou de gesso.

A boa notícia é que pode aproveitar esse cimento e esse gesso para criar peças de decoração únicas.

Tem plantas bonitas, mas está farta de vasos iguais aos de toda a gente? Não se preocupe, faça um pedaço de cimento ou de gesso (misturar água e o pó) e deite-o dentro de duas luvas de borracha (aquelas de lavar loiça fininhas), de modo a que todos os dedos sejam preenchidos. Dê-lhe a forma de concha e aperte bem as pontas para nada sair. Deixe repousar uns minutos. Depois, retire as luvas, provavelmente terá de as cortar e ficará com dois objetos decorativos onde pode colocar os seus vasos. Se a profundidade da concha das mãos for suficiente, pode até colocar terra e plantar aí mesmo uma nova planta.

CAFÉ E COGUMELOS

Não há limite para a criatividade e para reciclar e reutilizar. Até na sua horta, pode ser criativo e sustentável. Como? Aproveite a borra de café, pois diz-se ser excelente para o cultivo de cogumelos. É excelente adubo, rico em nitrogénio. Só tem de ser misturada com terra e aplicada no canteiro ou vaso. Há algumas plantas que florescem com mais frequência quando são adubadas com café.

Ao utilizarmos as embalagens usadas como matérias-primas secundárias, estamos a poupar matérias-primas virgens. Deste modo, adiamos a extração de minério, o abate de árvores e a extração de petróleo.

Por exemplo: a reciclagem do plástico contribui para uma diminuição do consumo de petróleo; a reciclagem das embalagens de metal permite poupar no uso de minérios; a utilização de vidro reciclado na produção de novas embalagens poupa os leitos dos rios de onde são retiradas as areias para produzir este material; a produção de papel reciclado consome menos energia e água que a produção a partir de fibra vegetal e a reciclagem de embalagens de madeira evita o abate de árvores.

Não se esqueça: ajude-nos a reciclar!

(Créditos:Imagem DR)  

Back To Top